O que queremos?

Queremos o fim do genocídio negro. Para isso, queremos ajudar a criar condições políticas para a rebelião negra. Queremos incidir no debate político com uma leitura radical e autôma sobre nossa experiência enquanto negras e negros. Para tanto, oferecemos a imaginação política com soluções possíveis e impossíveis, dados e análises de conjuntura. Esperamos contribuir para um debate qualificado e comprometido com a promoção da vida negra. As ferramentas políticas e conceituais aqui oferecidas são fruto da reflexão coletiva, da raiva e das lutas de negras e negros que têm denunciado a violencia racial sistêmica que estrutura a sociedade brasileira. Acreditamos na autonomia analítica e política das pessoas negras. Contribuições não negras que sejam relevantes para a análise, debate, e estratégias políticas são bem vindas, desde que pautadas pelo reconhecimento do genocídio antinegro e da autonomia analítica e politica negra.