Quem somos?

Somos uma rede de lutadores sociais, pesquisadores e acadêmicos. Em comum, temos o compromisso de entender, analisar e denunciar aspectos do genocídio antinegro no Brasil e na diáspora africana. Alguns de nós não acreditam que o Estado-Império brasileiro e sua sociedade sejam capazes de interromper a matança física e social das pessoas negras; outros insistem em reformar o Estado e a sociabilidade do país. Em comum, todos reconhecemos a urgência analítica e política que decorre de um fato fundamental e fundante da sociedade brasileira: o genocídio negro.